sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Condicionador de Ar portátil

REGIÂO DO ATLANTICO SUL 


-Nesta sexta-feira (19/11), uma ampla área de baixa pressão é responsável pela presença de uma pista com ventos soprando de sudoeste em alto-mar na altura do litoral da Região Sul do Brasil. A intensidade dos ventos é de até 14 m/s. 

-No sábado (20/11), a pista deverá perder força e os ventos deverão soprar com fraca intensidade em alto-mar na altura da costa da Região Sul do Brasil. 

Mais ao sul, uma intensa pista poderá ser observada ao largo da costa sul da Argentina com ventos soprando de nordoeste com intensidades acima de 14 m/s. 

- No domingo (21/11), a pista continuará atuando ao largo do litoral argentino com ventos soprando de nordoeste com intensidades acima de 14 m/s. 

- Na segunda-feira (22/11), a pista deverá perder força, porém uma nova pista com ventos de nordoeste poderá ser observada ao largo da costa argentina. A intensidade dos ventos será acima de 12 m/s. 

Agitação marítima 

- Nesta sexta-feira (19/11), o mar ainda encontra-se agitado em alto-mar na altura do litoral da Região Sul do Brasil com ondas propagando-se de leste e nordeste com alturas significativas acima de 2,5 metros, segundo indica o modelo de previsão de ondas. A navegação na região ainda deverá ficar em ALERTA. 

Agitação marítima também continúa sendo observada nas regiões mais afastadas da costa de Uruguai e Argentina com alturas significativas de onda acima de 2,5 metros. A direção de propagação das ondas é predominantemente de nordeste. 

- No sábado (20/11), a agitação marítima ficará restrita para regiões mais afastadas da costa sul-americana. 

- No domingo (21/11), novamente o mar deverá ficar agitado em alto-mar na altura do litoral sul de Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina com alturas significativas de onda acima de 2,5 metros. 

- Na segunda-feira (22/11), a altura significativa das ondas tenderá a diminuir em alto-mar na altura do litoral sul de Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina deixando o mar menos agitado. 

Texto elaborado por R. Camayo. 

Nenhum comentário: